Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Ganhar ou ganhar

Da última que fiz um post no pré-jogo de Bahia x Grêmio a situação era bem distinta, os dois se enfrentavam por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil 2019. O jogo em Porto Alegre tinha sido empate com uma bela atuação do Tricolor da Boa Terra, com isto chegávamos com leve favoritismo na Arena, mas não deu, numa braga do nosso lado esquerdo, Alisson decidiu a partida e o time dos pampas levou a vaga.

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Maresia da porra: Sport 1x0 Bahia

A apresentação do Bahia ontem foi para deixar o mais otimista dos torcedores puto da vida e bastante apreensivo com o futuro do time no torneio. Mesmo na primeira etapa, quando ditou o ritmo de jogo, o Bahia ficou longe de apresentar um futebol razoável, lentidão e passes errados foram a tônica da nossa atuação. Faltou tesão pelo triunfo, nos limitamos a segurar o adversário e fomos punidos por isto.

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Juiz 1 x 0 Futebol

Gostaria muito de estar escrevendo sobre o duelo entre a revigorada defesa do Bahia e o poderoso ataque do adversário; dos duelos individuais entre os velozes Nino x Michael, antes criticados e agora ovacionados pelas exigentes torcidas, e entre Gilberto x David Luiz, artilheiro da A contra um zagueiro de expressiva carreira na Europa e Seleção Brasileira; ou do da prova de fogo para Édson, entrando como titular num palco de duas finais de mundial. Mas, tudo isto ficou em segundo plano após os 30 minutos do primeiro tempo, quando o árbitro da partida chamou para si todos os holofotes daquilo que seria um espetáculo de futebol.

segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Dando gosto de ver

O Bahia mais uma vez venceu e convenceu ao seu exigente torcedor, com uma partida  intensa, disputando cada bola como se fosse a última e com muita movimentação, o Tricolor da Boa Terra não deu chances a Tricolor da Terra da Garoa.

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

A hora da verdade

No excelente vídeo dos bastidores de Bahia 3x0 Chape, Guto fez questão de frisar para os atletas que hoje é "a final". Eu entendo que hoje não é “a final” porque ganhar não significa a conquista do objetivo; por sua vez, a derrota não significa que está tudo perdido. E final é isto, tudo ou nada, o que definitivamente não é o caso hoje.

domingo, 17 de outubro de 2021

Deixou a desejar

Contra o Coelho mineiro, o Bahia fez a mais fraca das 3 partidas sob o comando de Guto, não tivemos a consistência do jogo contra o Athlético e nem a intensidade da etapa final do jogo contra o Palmeiras, entendo ser normal a oscilação e também é o que espero do velho e conhecido Guto, um time extremamente intenso em casa, mas claudicante fora dela.

domingo, 10 de outubro de 2021

Feliz, mas sem oba-oba - Athlético 0 x 2 Bahia

PQP, como é bom escrever depois que o Bahia triunfa, nada de ficar fuçando daqui e dali para encontrar justificativa, fica bem mais simples, pois o céu está mais azul, as rosas mais vermelhas e aquela luz opaca no fim do túnel começa a ficar mais clara, mais branca, em suma vejo de forma mais vivas as cores que formam o bandeira tricolor.

quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Sem liga

Quando vi a escalação do Bahia sem Isnaldo e Oscar Ruíz, e com o quarteto Lucas Araújo, Patrick, Daniel e Mugni, pensei que Dabove tinha resolvido mexer no esquema de jogo do time, tentando valorizar mais a posse de bola e dando mais volume de jogo, meu engano aumentou ainda mais quando no primeiro minuto de jogo, o Bahia chegou tocando até a área corintiana. Mas, bastou o jogo se assentar que percebi que trocaram-se os nomes e as características dos jogadores, mas o esquema era o mesmo. Na prática, foram 3 alterações, Daniel foi fazer a de Ruíz, Mugni a de Isnaldo, e Patrick veio para a de Mugni.

domingo, 3 de outubro de 2021

O Bahia já caiu?

Sim, caiu na expectativa da sua torcida que antes entrava de olho na primeira página da tabela e desde o ano passado se contenta em não cair.

Sim, caiu na esperança de seu torcedor em ver um time aguerrido e com um futebol consistente e efetivo. Desde o segundo turno de 2019, o que temos é um elenco que insiste em fazer partidas apagadas e apenas em raros momentos entrega um futebol que honra nossa história.

domingo, 19 de setembro de 2021

Grande jogo, mas péssimo resultado

 Bahia e Bragantino são responsáveis por dois dos jogos mais emocionantes que já assisti, ambos vencidos pelo Tricolor por 3x2. Em 1990, a torcida tricolor foi fundamental para o triunfo e passagem para a semi do brasileiro, nunca vi a torcida tão vibrante na Fonte como naquele jogo. Eles saíram na frente, mas a torcida, Jorginho e Charles trataram de virar o placar, eles empataram, e na parte final do jogo, Wagner Basílio decretou os 3x3. O Outro foi em 2016, o tricolor abriu 2x0, com um gol antológico de Luís Antônio, o Braga não desistiu e buscou o empate, no final da partida, Cajá marcou 3x2 e levou a galera na Fonte no Paraíso do Dendê, em Brasília, à loucura.