Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

A estrela brilhou

A estrela brilhou


No post sobre o time de 1988, relembrei a inesperada derrota para o Botafogo, jogo no qual a torcida forçou a saída de Renato do time e a entrada de Charles. Para muitos, entre os quais me incluo, esta partida foi decisiva para o título. Estou abordando novamente este ponto, pois ontem o Bahia perdeu a oportunidade de ter uma inflexão (termo copiado de um colega do BBBMP) na Série B. Não tenho dúvidas que o empate com o CRB, merecia a derrota pelo que aconteceu no segundo tempo, atiçaria a “fúria” da torcida que, literalmente falando, derrubaria o técnico, seria insustentável para MS manter SS no cargo. Por isto pergunto, qual estrela brilhou ontem, a do Bahia por ter ganho o jogo aos 48,5 minutos do segundo tempo, ou a de SS que ganhou e se garantiu no cargo por mais algumas rodadas.
Infelizmente, acho que foi a segunda, não vejo nenhum ganho para o Bahia com a permanência do treinador. Sei que vários times que optaram pela simples troca do treinador (exemplo mais recentes Cruzeiro e Vasco) fracassaram e continuaram onde sempre estiveram, ou seja na merda. O próprio Bahia na Séria de 2014 permaneceu na mesma. Mas, levando em conta que o nível da Série B deste ano é uma piada, basta lembrar que o time ridículo do Vice foi líder, bastaria a alteração do ânimo dos jogadores para o Bahia ter uma sequência de triunfos, o que nos retornaria a tranquilidade e confiança.
Sobre o jogo, minha análise fica prejudicada, pois só assisti a partir dos 40min do primeiro tempo, entretanto é suficiente para perguntar a SS que porra ele está fazendo com meu Bahia? Se ele já ouviu falar em algo chamado padrão de jogo? Como é que entra com um meio formado com GB Ninho e Romulesma? Se era para improvisar Yuri na lateral, por que não deixou Raylan vestir a roupa do mascote e incentivar a torcida?
Vi no segundo tempo um time com vontade (não podemos negar que isto foi um avanço), mas com padrão de jogo de pelada, especialmente na marcação, o time, mesmo depois da entrada de TR no lugar de Romulesma, corria atrás do “habilidoso e técnico” meio-de-campo do CRB; não criou nada, com exceção do primoroso contrataque do segundo gol; a defesa, inclusive DP, batendo cabeça, tomamos 2 e escapamos, um pela trave que se deslocou rapidamente 10 cm para a direita, de pelo menos mais 2; por fim, o meio foi incapaz de trocar 3 passes seguidos, não demos sequência a nenhuma jogada. Concluindo, um futebol de terceira. Para não dizer que só detonei, barrar Super Alex foi fundamental, K9, mesmo jogando pedra em santo, conseguiu marcar 2, se tornando a referência do ataque.
Sobre o terceiro gol, eu já estava tremendo de raiva e preparando um texto para detonar com GB Ninho, aí o sacana virou herói. Contudo, é tão anti-herói que não teve nem força para levantar e comemorar o gol. Na boa, GB Ninho não tem a menor condição de ser titular.
Depois da goleada sofrida do Sport, cheguei a escrever que aquele jogo seria o da virada, que a partir dali o time tomaria vergonha na cara e cresceria, entretanto não foi isto que aconteceu. Espero agora que com o sofrido triunfo de ontem, com a sobrevida ganha por SS, o time volte a ter confiança e faça seu papel. Ah sim, que os valorosos adversários na luta pelo G4 continuem seguindo o roteiro e tomem muito pau dos times da parte de baixo da tabela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.