Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Os números não mentem (parte 3)

Os números não mentem (parte 3)

Tudo junto e misturado


Acabou a 33ª rodada, voltamos ao G4, mas nada é fácil, até o 9º colocado, o Bragantino (após o fechamento deste texto, o Braga ganhou do Mogi, passando para 4º), está tudo embolado, diferença de 6 pontos entre o 2º (57) e o 9º (51), vida tranquila, só para o líder e praticamente garantido na Série A de 2016, Botafogo, com 65 pontos.
Neste post, vamos abordar a situação do Bahia e nos arriscaremos numa projeção de resultados para os principais concorrentes. Iniciando pelo Bahia, estamos exatamente com a pontuação média que os 4º colocados tinham na 33ª rodada, 54 pontos, o que é positivo, entretanto, se mantivermos o mesmo desempenho só chegaremos a 62 pontos, insuficiente para subir, média histórica de 63, somente em 07, 11 e 13 um time subiu com menos de 62 pontos, conforme gráfico:



Comparando com nosso time em 2010, continuamos com um desempenho geral inferior, 57% contra 55%, em compensação, nos últimos 4 jogos, igualamos o desempenho de 2010, ambos obtiveram 58% com 2 triunfos, 1 empate e 1 derrota. Bom sinal, pois vínhamos de um desempenho de apenas 47% nos primeiros 10 jogos do 2º turno.

 
Fazendo um exercício de futurologia e já considerando os resultados de Bragantino e Coelho (figura abaixo), temos que ficariam entre os 4, Botafogo, América/MG, Bahia e Náutico, cabendo ao Vice o papel de porteiro. O quarto colocado subiria com 65 pontos, e o Bahia ficaria em terceiro com 66. Claro que isto é apenas um exercício e palpites são palpites, mas para garantir o acesso, o Esquadrão precisa ganhar 4 dos 5 jogos restantes, detalhe, 3 são em casa e o outro contra o Boa fora ou em campo neutro, temos tudo para conseguir isto, mas temos de começar brocando o Santa.

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.