Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Quem fala demais...

Quem fala demais...


Quem me conhece sabe que sou fã do futebol de Ávine e o admiro pela persistência para se recuperar do problema no joelho, inclusive já fiz um post aqui sobre o jogador, “Quem se importa com a Copa do Brasil?”, no qual teci diversos elogios ao atleta e torci pela sua recuperação em definitivo.
Infelizmente, seu desempenho na Série B ficou bem aquém do esperado, em especial na catastrófica atuação contra o Vovô, mostrando que o mesmo não tem mais força física para jogar como lateral em partidas com alto nível de competição. Alguns torcedores sugerem até que ele seja deslocado para o meio, onde teoricamente seria menos exigido fisicamente, tenho sérias duvidas sobre isto.
De qualquer forma, o atleta já está com os dois pés fora do Bahia, e nesta condição, decidiu dar uma entrevista para a TV Bahia, quando soltou o verbo e falou muito sobre diversos assuntos, contou sobre os erros médicos cometidos nas suas primeiras cirurgias e fez um balanço do fracasso tricolor na Série B.
Sobre este último ponto, acho que o mesmo foi sincero e corajoso quando comentou sobre MS, segundo Ávine, MS precisava ser mais cascudo no dia-a-dia do clube e que a pouca idade pesou no posicionamento do Presida. Concordo plenamente com o atleta, como torcedor sempre tive esta mesma impressão de MS no trato com a equipe do setor de futebol profissional. Espero que tais palavras sejam absorvidas pelo Presidente como uma crítica construtiva, e que o mesmo saiba crescer a partir de uma análise fria sobre o assunto.
Por outro lado, entendo que Ávine errou feio quando falou sobre Charles, queimando treinador, direção e jogadores, mas sobretudo se queimando. Com relação aos primeiros chamuscados ele disse que CF não estava preparado para a função; que a direção sabia que os jogadores não o queriam, mas mesmo assim optou por efetivar CF; e, para bom entendedor, deu a entender que os jogadores não se empenharam ao máximo após a efetivação de CF.
Por fim, o atleta se queimou, pois ficou claro que parte do que disse foi devido à mágoa que sentia por ter sido preterido por CF no time titular, em especial no jogo decisivo contra o Santinha.
Olhem o que ele falou em 09/10/2015:
Quem conhece Charles sabe da sua seriedade e do seu comprometimento com o Bahia. Tenho certeza que ele dará grande contribuição para retornarmos ao G4 e garantirmos o acesso para a Série A. Confiamos muito em seu trabalho – declarou”.
Comparem com a fala atual:
“Não tinha condições. Ele não tinha comando no grupo. A diretoria procurou alguns jogadores no grupo, e esses jogadores falaram que não era a melhor opção, que a opção era trazer um treinador de fora”.
(Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/bahia/noticia/2015/11/erro-medico-charles-sem-comando-e-renovacao-com-bahia-avine-abre-jogo.html#canal-tv-bahia)
Assim não dá, né craque? Infelizmente, acho que seu ciclo se fechou no Bahia, espero que temporariamente, gostaria muito de te ver passar o amor que sente pelo clube aos jogadores da divisão de base, sei que foram sinceras suas lágrimas quando proferiu as seguintes palavras no final da entrevista:
“O torcedor do Bahia, cara... Desde quando cheguei no Bahia muito novo, quando eu ia para a Fonte ver o profissional jogar, assistias da arquibancada. Ver aquela torcida toda gritando, torcendo, eu falava; “Pô, cara, um dia que vou jogar no Bahia também e vou ouvir eles gritando meu nome”. A torcida do Bahia é diferenciada. Um dos meus motivos de sempre honrar essa camisa é a torcida. A torcida do Bahia eu sempre vou carregar em meu coração aonde eu for”. 
Este sim é o Ávine que a torcida respeitou e idolatrou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.