Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

O que esperar dos novos meias do Esquadrão



O Esquadrão contratou 3 novos meias para substituir o trio Pittoni, Souza e TR. Assim como fiz para os atacantes, assisti os vídeos disponíveis no Youtube, claramente Paulo Roberto (PR) é um primeiro volante, Juninho um 2º volante que joga mais pelo meio com bom passe, e Danilo Pires (DP) um 2º volante que carrega mais a bola e joga pelos lados. Destaco que PR e DP jogadores não me chamaram atenção quando vi jogar, enquanto Juninho fez um bom jogo contra o Bahia no primeiro turno da Série B 2015. Assim, considerando as características que identifiquei nos 3, neste post apresento, com ajuda de dados extraídos do site footstats.net, um "mano a mano" entre os atuais e os antigos meias tricolores. Para tanto elaborei indicadores para tentar ajudar na análise, os dois primeiros tentam medir a capacidade dos atletas em manter a posse de bola dando passes ou se livrando dos adversários, enquanto o terceiro avalia a efetividade da conclusão a gol, e o quarto mede a capacidade de retomada de bola sem necessidade de cometer faltas.

1- Passes certos/passe errados
2- Perda de posse/drible certo
3- Conclusão no gol/gol marcado
4- Desarme certo/falta cometida

1- PR X Pittoni: na Série B 2015, Pittoni era considerado pelos torcedores um jogador que qualificava a saída de bola do Bahia, mas em contrapartida não tinha a pegada necessária na proteção à zaga, os números provam isto, Pittoni dava 9,01 passe certos para cada passe errado, um bom número, mas em contrapartida só conseguia 1,36 desarme certo para cada falta cometida, com relação ao indicador 2, o número alcançado, 21,5 posses perdidas por drible, não quer dizer muita coisa, pois o atleta deu somente 2 dribles nos 17 jogos que disputou no campeonato, mesmo raciocínio pode ser feito na efetividade da conclusão, pois o atleta praticamente não chutou no gol, 6 em todo o campeonato. Para PR analisamos os dados da campanha do Figueirense na Série A de 2015, na qual ele disputou 24 jogos. Os números para os indicadores 1, 6,65, e 2, 43,5 (prejudicado pelo mesmo motivo explicado para Pittoni) são inferiores aos do nosso antigo volante, em contrapartida na defesa PR se mostrou mais consistente com 2,57 desarme para cada falta cometida. Seguem os dados por atleta:






2- DP x TR: os dois atletas atuam como 2º volante com característica de carregar mais a bola do que tocar, caindo pelos lados e chegando eventualmente para concluir a gol. Para DP foram considerados os dados da campanha pelo Santinha na Série B de 2014, na qual disputou 29 jogos. Os indicadores analisados demonstram um equilíbrio entre os dois meias, enquanto TR teve um melhor aproveitamento nos passes e na conclusão no gol, ambas com pequena margem, mostrando ser um jogador tecnicamente mais qualificado; DP leva vantagem na manutenção da posse de bola e retomada da bola, mostrando ser mais habilidoso no drible e mais forte na marcação, seguem os números.





3 Juninho x Souza: dois meias que jogam mais tocando a bola e lançando do que carregando a bola, ambos arriscam chutes de fora da área. A campanha de Juninho pelo Macaé apresenta números bem mais expressivos do que o de Souza pelo Bahia, os números demonstram que Juninho carimbava todas as bolas no Macaé, além de disputar praticamente todos os jogos; Nos quatro indicadores avaliados, Juninho levou vantagem em 3, sendo superado por Souza apenas na efetividade da conclusão à gol.





O mapa de calor de Juninho mostra que o mesmo joga mais centralizado, se deslocando entre as duas intermediárias.





Por fim, analisando o conjunto dos jogadores para os 4 indicadores, vemos que em 3 os novos contratados levam vantagem, me arrisco a dizer que no mínimo, trocamos 6 por 12/2,  mas sempre cabe a ressalva, números são só números, nada mais do que números. Destaco também que em recente entrevista, MS afirmou que faltou força física aos laterais e meias em 2015, pelos vídeos de PR e DP parece ter sido este um critério para contratação de ambos.


Legenda do Footstas para os critérios analisados:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.