Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O futuro é promissor

É comum as chamadas da tv para a Copinha mostrarem grandes jogadores, do passado e do presente, que passaram, com mais ou menos brilho, pelo torneio, Falcão, Robinho, Marcelinho Carioca e Neymar são sempre lembrados. Porém, esquecem de mostrar aqueles que brilharam e depois não vingaram nos profissionais e estão vagando em times de menor expressão, como mostra recente reportagem do Uol (http://esporte.uol.com.br/futebol/listas/veja-ex-artilheiros-da-copinha-que-estao-no-ostracismo-e-os-que-vingaram.htm). 
Adicionalmente, é comum vermos jogadores que foram grandes promessas na divisão de base fracassarem na carreira, para ficar em três que passaram pelo Bahia, Freddy Adu, aos 16 anos, foi chamado de novo Pelé; Toró era um fantástico matador na base do Flu, para quem não sabe, o apelido Toró, vem de toró (chuva) de gol, e hoje, é um limitado segundo volante; e Danilo Rios era a estrela da geração de Ávine, atualmente encontra-se desempregado depois de passar por times das Séries C e D do Brasileirão. 
Por isto, é cedo para dizer se desta equipe da Copinha sairá ou não um bom jogador para o time principal do Esquadrão. Contudo, não tem como negar que foi empolgante  e encheu a galera de esperança ver a tranquilidade e segurança de Deijair, teve quem o chamasse do novo Dida; a velocidade e precisão dos cruzamentos de Alisson; a técnica e visão de jogo de Cristiano; e a garra, a presença de área e o faro de gol de Geovane Itinga, para o qual chamo atenção aqui no blog desde o primeiro jogo do campeonato.
Sobre o jogo, sofri igual ou mais do que um condenado, pois no primeiro tempo, a Internet só caía menos do que o Vice de série no Brasileirão. No segundo, o delay era tão grande, que enquanto eu comemorava o gol da virada, a galera no zap-zap já lamentava o empate do Coelho. Mesmo assim, foi possível ver que mais uma vez a garotada honrou o manto tricolor, pois depois de um fraco primeiro tempo, onde foi completamente dominado pelo Coelho, o Esquadrãozinho voltou com uma postura diferente e, mesmo com um a menos - Jaques foi expulso aos 13 do segundo tempo - o tricolor fez um belo segundo tempo, principalmente após a expulsão, tomamos um falso sufoco de 7 minutos e depois equilibramos e até dominamos o jogo até virar.
Quero chamar a atenção para o segundo gol do Bahia, além da clarividência e o excelente passe de Cristiano, a velocidade e o preciso cruzamento de Alisson, teve um deslocamento de Itinga que só se ver em centroavante diferenciado, daquele que antever a jogada do gol, o pique que ele deu na metade do lance e a impulsão no momento do cabeceio são sensacionais. Vejam embaixo na sequência das imagens, retiradas do globo.com:






Não há o que lamentar, nem a derrota nos pênaltis, como apaixonado que sou só me cabe exaltar a excelente campanha da molecada, lembro que nos dois últimos jogos pegamos duas das principais bases do Brasil, e torcer para que esta galerinha não fique só na promessa, e encha o torcedor de orgulho como encheu neste primeiro mês de 2016. BBMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.