Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Amistoso nos EUA

Grande sacada do setor de marketing tricolor, jogar nos EUA, país com mercado consumidor gigante, no qual o soccer vem ganhando cada vez mais espaço tem muito a acrescentar em termos de mercado e valorização da marca ao tricolor, quem sabe não se abre uma ponte para uma parceria entre o Bahia e o Orlando City, incluindo intercâmbio de atletas da base, possibilidade que deve ser explorada pela direção tricolor. A ida do Robô do Baêa, também foi acertada, com certeza chamará muita atenção na entrada do time em campo.

Por outro lado, tecnicamente este amistoso é uma furada, pois será uma  viagem desgastante, alguns atletas, o time principal, viajará na madrugada da sexta para jogar no sábado; parte do elenco atuará na quinta e no sábado, 48 horas de intervalo; quebra o ritmo de competição, pois amistoso é sempre disputado num ritmo mais lento; corremos o risco, por causa do cansaço do time titular e da utilização forçada dos garotos, de deixar uma péssima impressão em campo; por fim, não acrescenta nada para ganho de ritmo e entrosamento do time, e ainda vai desgastar bastante o elenco, espero que não a ponto de perdermos o fio da meada.

Porém, o ponto mais importante deste amistoso passa longe dos ganhos de mercado e do campo de jogo, mas influencia diretamente nos dois. A nossa fragilidade política junto a FBF e CBF foi, simplesmente, escancarada, o que estão fazendo com o Bahia, é no mínimo putaria, nada justifica a manutenção do jogo contra o Confiança na quinta-feira, poderia tranquilamente ser antecipado para a quarta; colocar dois jogos no mesmo dia e horário é criminoso, um poderia ser na terça outro na quinta, estava resolvido o problema, mas não, teremos de jogar os dois na quarta, se f... os atletas e a torcida; tudo poderia ser resolvido se o Bahia só estreasse na Copa do Brasil em abril, como boa parte dos times fará, porém estrearemos dia 16, quando só acontecerão dois jogos. Poucas vezes falo dos bastidores políticos do futebol aqui no blog, pois é um assunto chato e, sobretudo, nojento, prefiro me concentrar na bola rolando, mas o que fizeram com o Bahia foi sacanagem.

A Direção tricolor tem de abrir os olhos, as coisas poderão se complicar na Série B, aí não tenho salário em dia, jogadores nível Série A, sócio torcedor, campanha de marketing, ou nosso robô para nos salvar do que estão preparando para nosso time. Sem querer levantar falsas acusações, entendo que o Bahia paga o preço de querer ousar e procurar uma divisão de recursos mais justas entre os times, enfrentando uma parceria antiga e "vitoriosa" entre a CBF e a sua principal parceira. Abre o olho MS, senão você e o Bahia serão engolidos. A grande questão que fica é, a Nação terá paciência para aguentar o tranco ou pedirá a cabeça do técnico, jogadores e finalmente da Direção?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.