Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quarta-feira, 9 de março de 2016

A Terra Tremeu,...

a base demoliu o Demolidor 


Faz tempo que o Galícia, conhecido como Demolidor de Campeões, não assusta ninguém, entretanto este ano vem fazendo uma bela campanha no Baianão, tanto que hoje disputava a liderança do campeonato com o Bahia. Estes fatos somados ao caminhão de desfalques tricolor davam ares de suspense ao jogo, será que o Tricolor teria condições de manter os 100% e confirmar a liderança da primeira fase do Baiano? Como vimos, ficou só na preocupação, a base tricolor não é o Muzenza, mas fez a terra tremer, demolindo o Demolidor.

Vamos ao jogo, o Bahia entrou em campo no esquema 4-2-3-1, com 7 atletas oriundos da base, mesmo assim o time não sentiu a falta de entrosamento e jogou o mesmo futebol que vem apresentando nas últimas partidas, com a defesa bem postada e bem protegida pela dupla de cães perdigueiros Feijão e PR (já são 4 jogos oficiais seguidos sem sofrer gol), tocando a bola sem afobação, e aproveitando os vacilos do adversário para crias suas chances. Nesta toada, o Tricolor envolveu os Galegos e saiu com um justo triunfo de 2x0 nos 45 minutos iniciais.

O Esquadrão começou dominando, mas foi o Galícia numa escapada pela esquerda que criou a primeira chance aos 10 minutos, depois disso, só deu Bahia. Não criamos muitas oportunidades, mas fomos efetivos nas que criamos. No primeiro gol, Hayner faz um cruzamento nas costas da zaga, e Romulesma, negando o apelido, chega em velocidade e toca para o fundo do gol, vale destacar também o lançamento de 3 dedos que PR fez no início da jogada. No segundo, Cristiano, estava sumido, sentindo a estreia como titular, deu uma cavadinha por cima da defesa e encontrou Gustavo livre, o zagueirão matou no peito e estufou as redes. 2x0 justo pelo que aconteceu no primeiro tempo.




Como a meninada tem gás e precisa mostrar jogo, o Bahia voltou no mesmo ritmo, num excelente passe de Rômulo, EJ deixou o seu. Na sequência, EJ deixou Jacó em boa situação, o moleque se livrou com facilidade da zaga, mas concluiu por cima do gol, uma pena, pois seria mais um belo gol. Entretanto, logo depois, Feijão, melhorando o passe a cada dia, fez um lançamento de cinema para Hayner que se livrou do lateral e tocou de esquerda para marcar o 4º, fechando o caixão do azulino. Com o jogo resolvido, Doriva acertadamente usou mais 3 garotos da Base, Felipinho, Itinga e Max, e o Bahia deixou o tempo passar se poupando para o BaVice de domingo. 

Destaco que o Galícia ficou mais com a bola durante o segundo tempo, mas só conseguiu uma finalização, facilmente defendida por Lomba.

Como estamos sobrando, com uma campanha histórica, vou aproveitar para fazer um teste de memória com os gols do tricolor. O primeiro, cruzamento de Hayner para Romulesma, lembrou o passe de Preto para Nonato no segundo gol da final do Nordestão de 2001 contra o Sport; o segundo, passe de Cristiano para Gustavo, lembrou as cavadinhas de Dico Maradona contra o Vice, Bigu ficava doido, por sinal DM e Cristiano se parecem fisicamente e no estilo de jogo, baixinhos, canhotos, e com boa habilidade; o terceiro, passe de Romulesma para EJ, lembrou a enfiada de bola de Dadá para Gilson Gênio na final do baianão de 1983. Lembro que Dadá tinha prometido um gol, mas nas palavras do mesmo, "não fiz o gol, mas dei o passe mais bonito da história do futebol"; já o quarto, passe de Feijão para Hayner, lembrou os lançamentos de Gérson Canhotinha de Ouro para Pelé e Jairzinho na Copa de 70.

Por fim, faço questão de destacar o trabalho de Doriva, pois o mesmo vem superando as carências do elenco tricolor e fazendo do limão uma limonada. O time tem 2 esquemas de jogo, o 4-1-4-1 e o 4-2-3-1; mesmo com desfalques consegue manter o padrão de jogo; a meninada vem entrando com tranquilidade e personalidade, destaco Éder e Hayner; Feijão vem jogando muito bem, a velha eficiência na marcação e com uma até então escondida capacidade de passe; e o mais importante, o time começa a recuperar a confiança da torcida. Parabéns, Doriva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.