Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

terça-feira, 8 de março de 2016

Rápido e Caceteiro (9)

Por coincidência ou não, o post número 100 deste blog foi publicado com o Bahia 100%. Hoje, o post Rápido e Caceteiro nº 9 terá como tema o número 9 tricolor. Vamos tecer alguns comentários sobre 3 noves, na verdade um deles vestia a 11, que passaram pelo Tricolor:

Nonato - Já é de um tempo que leio a Nação Tricolor pedindo a volta de Nonato. Respeito a opinião de quem o pede de volta, mas discordo. Sem dúvida, Nonagol foi um dos maiores goleadores já revelados pela base do Esquadrão, perdendo somente para Charles e Marcelo Ramos. Do tempo que ele surgiu, início dos anos 2000, para cá, não revelamos mais nenhum que nos faça esquecer os 3. Mas, na minha opinião, a vinda dele para o Bahia só serviria para queimar mais um ídolo, prefiro ficar lembrando do Nonato bi-campeão do Nordestão, do que arriscar a trazer um jogador em fim de carreira, acima do peso e que nos últimos anos só disputou o campeonato Goiano. Mesmo, sabendo que ele torce para o Tricolor, já o encontrei em Atlético/GO x Bahia, quando o mesmo sentou e assistiu o jogo ao lado da Nação; e que ele é bi artilheiro do referido campeonato, estando na frente na disputa pelo tri, entendo que o tempo já passou e em campeonatos com um nível de competitividade maior e tendo de convencer a exigente torcida tricolor, Nonato não vingaria. Vamos deixar o cara em paz em Goianésia, onde já está adaptado e levando sua vida de ídolo tranquilamente.



Kieza- Chegou no Bahia em 2014, fez uma Série A fraca, para dizer o mínimo, sendo um dos responsáveis pela falta de gol do time que acabou rebaixado. A impressão que me passava é que estava fora de forma, pois sempre chegava atrasado no lance. 

Em 2015, começou bem o ano, formando o famoso trio KGB, jogava mais pela esquerda e fez boas atuações e vários gols, sendo um dos timoneiros da equipe vice-campeã do NE e campeã baiana. Em maio, teve seu contrato de empréstimo renovado, mas começou a Série B se contundindo, quando voltou, o G do trio estava em péssima fase, e K9 passou a jogar mais centralizado. Demorou um pouco a engrenar, mas depois que engrenou, foi sem dúvidas o jogador mais importante do Bahia na Série B, e um dos poucos que se salvaram na fase final do torneio. 

No início do ano, aconteceu a longa novela Fica K9, como a concorrência era desleal, o jogador foi parar nos Bambis, onde era certo que comeria banco. À época, o jogador fez um post agradecendo todo o empenho da Diretoria em tentar mantê-lo no Bahia. Para mim, caso encerrado.

O tempo passou, K9 continua no banco e entrando muito pouco nos jogos dos Bambis, o Bahia sempre correndo atrás, o mesmo papel que faz o Vice. Com a crescente possibilidade de fechar com o Vice, Kieza espertamente posta que o Bahia não se esforçou para mantê-lo, mostrando que não acreditava no futebol dele, e mais um monte de besteiras do tipo. Infantilmente, o vice-presidente tricolor comeu a pilha e começa a rebater o jogador, caindo no jogo do mesmo que só quer criar um clima ruim com o Bahia para poder chegar no Vice com menos resistência da moquequinha. Para piorar, os torcedores do Esquadrão entraram no H e estão desde segunda-feira discutindo sobre o atleta, uns defendendo e outro xingando, todos estão servindo de marionetes, alimentando a pilha largada por Kieza.

Como já disse, ele foi nosso jogador mais importante na Série B, mas também foi o irresponsável que tirou a camisa com 30 segundos de um BaVice decisivo para nosso acesso, sendo expulso mais na frente, prejudicando e muito a equipe, esta é maior lembrança que tenho de K9 no Bahia. É outro que faz parte do passado tricolor, vamos esquecê-lo e deixar que leve sua vida aonde e como escolher.



Hernane- Vem surpreendendo positivamente, além de fazer um caminhão de gol, sai da área para tabelar e deixar os colegas na cara do gol, melhor contratação do ano. Num lance casual, HB machucou o joelho e vai desfalcar o tricolor pelo restante do primeiro semestre. Este fato despertou a ira da torcida tricolor que passou a criticar e cobrar a diretoria pelo fato do elenco não ter um reserva a altura. De fato, não podemos ter no elenco somente um 9 experiente, contudo entendo, e sempre defendi aqui, que o Baianão tem de ser o local para fazer experiência com os jovens que sobem da base. Pergunto, se o Bahia tivesse mais um centroavante no elenco, quando Jacó seria testado? Por isto, apesar de concordar com parte das críticas, compreendo a posição da diretoria tricolor que resolveu deixar a meninada como opção no banco para ser testada, o que já permitiu consolidar Hayner como uma boa opção para a lateral direita e revelar Éder, um zagueiro que demonstra ter futuro. Paciência galera





Finalizando, com a contusão de HB, precisamos trazer um 9, confesso que tenho acompanhado pouco os demais times, mas tentaria trazer Leandrão que jogou recentemente no Vasco, centroavante de limitada capacidade técnica, mas com boa estatura e presença de área, lembrando Fernandão. Quem tiver mais sugestões deixe nos comentários.

 

2 comentários:

  1. Acho que HB é um centro avante comum, meio grosso como a maioria... o diferencial é que ele está jogando no Bahia... aí ele broca!!! Não é nem sombra do brocador acuado no banco do sport durante a temporada passada. Apesar do talento de HB, o Bahia não joga em função dele... nem ele assim o exige como o K9. Com o meio campo trabalhando redondinho (nem vou falar do Luisinho pq aqui o espaço é curto) dá para ir dando oportunidades para os garotos Mário, Itinga e outro aí da base que o nome me fugiu agora. Em suma, não pode ter pressa..., tem que ficar ligado no mercado da bola é claro mas também de olho nos estaduais (Tem o Tatu do desclassificado Vitória da Conquista... será???)

    ResponderExcluir
  2. Ah!!! Jacó... esqueci das peladas nos arredores do Éden...

    ResponderExcluir

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.