Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Um erro crônico e um canhão na ativa

As imagens do triunfo de quarta revelam que nosso esquema defensivo está bem montado, mas precisamos de ajustes, em especial nas costas do nosso lateral direito. Mostraram também a importância do chute de fora, nos dois gols do Esquadrão, a grande área estava congestionada pelos cearenses.



1- Gol do Fortaleza: muito se falou sobre uma falha da defesa no gol do Fortaleza, entendo que apenas Hayner e Feijão falharam. O lance nasce de um chutão de Berna, Feijão tenta dar o bote mas erra (imagem 1), a bola sobra livre para o meia que sem pestanejar lança nas costas de Hayner. Vejam na imagem 2 que a defesa do Bahia está bem postada, apenas Hayner dá muito espaço para o ponta, Lucas Fonseca (LF) e Éder estão cercando bem o centro avante, e João Paulo Gomes (JPG) está colado no outro ponta, nota-se que a linha de zagueiros está avançada, diminuindo o espaço do ataque, como gosta Doriva, porém uma falha individual comprometeu todo o esquema. No momento do cruzamento, imagem 3, podemos perceber que LF e Éder fecham bem o meio, mas deixaram JPG contra dois, e isto foi fatal, pois ele fecha no primeiro, mas a bola passa e o segundo marca. Entendo que Lomba também não falhou, este tipo de bola é muito difícil para o goleiro cortar. Pela análise das imagens, entendo que o Fortaleza teve muito mérito no gol, o lançamento foi muito bom e o cruzamento perfeito.





Infelizmente, já vimos esta história no BaVice, lance do primeiro gol. Ontem, a mesma falta de atenção de Hayner, desta vez contando com "o apoio" da maresia de Luisinho, se repetiu no segundo tempo, e quase tomamos o empate. Nos dois lances de ontem, Hayner fecha muito na marcação e deixa uma avenida nas costas.




2- A importância do chute de fora: no basquete, alguns jogadores se especializam nos arremessos de 3, mesmo no time de Jordan e Pipper, o lendário Chicago Bulls, tivemos Steve Kerr que decidiu vários jogos e ajudou manter a dinastia do Bulls na década de 90. O MVP e campeão da última temporada da NBA, Stephen Curry, é outro exímio arremessador, vem desequilibrando jogo após jogo, podendo bater o recorde do Chicago em números de triunfo na temporada regular. Um time que tem um jogador com esta característica força o adversário a abrir a defesa para marcar no perímetro, o que facilita a penetração (lá ele) dentro do garrafão. Mas, que porra isto tem a ver com o jogo de ontem?

Basta olhar as imagens abaixo para ver que a história é a mesma no futebol, nos dois gols do Bahia, o Fortaleza concentra 8 jogadores dentro ou na proximidade da área, inviabilizando uma tabela ou uma enfiada de bola, Juninho com espaço solta a bomba e marca os dois gols do tricolor. Quero ver qual vai ser a postura deles no domingo quando Juninho estiver próximo a área, não tenho dúvida que abrirão para marcar, sobrando espaço para nossos avantes.

Mas, como sempre digo, nada é por acaso, Juninho vem ganhando confiança no chute de fora com o decorrer dos jogos, já tinha comentado este fato no post "Nosso Xará não é páreo"  (http://sobahea.blogspot.com.br/2016/03/nosso-xara-nao-e-pareo.html), ontem ele foi decisivo, espero que a pontaria continue. Chamo atenção para quem for rever o vídeo do segundo gol, que JPG passa e deixa o lateral que estava marcando Juninho indeciso sobre o que fazer, foi o vacilo suficiente para nosso meia chutar livre e marcar.


3 O Ferrolho tricolor: no segundo tempo, o Fortaleza teve a posse de bola, mas encontrou pela frente um forte esquema defensivo do Esquadrão. O Bahia se montou no 4-5-1, com a primeira linha formada pelos dois zagueiros e laterais; a segunda pelo dois volantes, o meia, e os atacantes de lado; e a terceira por ThR. Nas imagens dispostas abaixo, as linhas tricolores são facilmente identificadas. Nosso esquema defensivo foi bastante efetivo no segundo tempo, o Fortaleza conseguiu furar poucas vezes. O que não funcionou para o Bahia foi a roubada de bola e a saída rápida para o contrataque, fizemos somente dois durante os 45 minutos da etapa final.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.