Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Três pontos no ritmo baiano de ser

Enfrentar o Esmeraldino no Serra Dourada sempre foi um pesadelo para o Bahia, já fizemos partidas inesquecíveis como o 4x4 pela Série B de 1999, entretanto nunca tínhamos vencido um jogo oficial em Goiânia. Apesar disto, fiquei na seca para ir, mas desta vez não consegui descer com a galera, a festa sempre é boa, imagina com um triunfo inédito e sobre um dos "favoritos" da Série B.

Como no post do jogo contra o Papão, vou começar falando do adversário, nunca vi um Goiás tão fraco, o time é muito, muito ruim mesmo, para quem já teve Fernandão, Túlio, Danilo, Josué, Valter, e Tiago Mendes deve ser desesperador ver este bando que jogou hoje em campo. Entretanto, isto é problema deles, recuperamos os dois pontos perdidos contra o Timbu na Fonte, isto é que importa.

Apesar do triunfo, mais uma vez o Bahia fez uma partida muito ruim aqui no Cerrado, infelizmente tem sido assim nos últimos anos. No primeiro tempo, não criamos nada, o Goiás é que nos deu o gol, numa saída de bola equivocada do experiente goleiro Renan. Desde o início, o Bahia, sentindo a fragilidade do adversário, se limitou a tocar a bola e cozinhar o jogo em banho-maria, no primeiro lance que pressionamos a saída deles, marcamos com Cajá, num belo chute de fora da área. 

O jogo seguiu morno e com o Bahia controlando bem o Periquito até os 35 minutos do primeiro tempo, quando eles acertaram uma bola na trave numa cobrança de falta, com isto a torcida cresceu e o Goiás teve um breve surto de bom futebol, criando algumas chances, mas nada muito claro.

Voltamos melhor, em 5 minutos criamos mais do que em todo o primeiro tempo, mas não concluímos bem as duas jogadas criadas pela meia-direita do nosso ataque. Entretanto, a partir dos 10 minutos, o jogo entrou numa verdadeira maresia, eles eram incapazes de criar algo ou incomodar. O Bahia fez jus a sua origem e só faltou por uma rede na trave para deitar e esperar o apito final, que leseira da porra. Aos 30 minutos, o narrador já pedia o final do jogo, fiquei com pena do coitado, pois estava realmente difícil narrar o baba.

Doriva, tirou Cajá e Luisinho, colocando Régis e Thiago Ribeiro, mais tarde, botou João Paulo no lugar de Hernane, que tinha acabado de dá uma cabeçada bisonha após um bom lançamento de ThR. O Goiás chegou uma única vez com perigo, após uma arrancada pela direita, Lomba espalmou para dentro da área, mas Tinga  salvou a conclusão. Por sinal, desde o primeiro tempo, eles só chegaram pela nossa esquerda, Tinga Molusco deve ter assustado a galera.

Quando o jogo já se encaminhava para o final, ThR acertou um belo lançamento para Régis que foi derrubado na área. ThR cobrou e sacramentou nosso triunfo. Lomba ainda fez uma boa defesa para fechar o jogo.



Ganhamos, isto é o que importa, entretanto o futebol foi muito aquém do que podemos e precisamos produzir para conseguir o acesso. Para encerrar, Feijão foi novamente um monstro na cabeça da área e, mais uma vez, nosso banco entrou e decidiu a parada.

7 comentários:

  1. Para complementar a análise venho defender os seguintes pontos:

    1. O goleiro recebeu NO FOGO (pressionado pelo Brocador) bola atrasada pelo ZAGUEIRO que foi pressionado por Luizinho que acreditou no lance perdido (naquele momento o Esquadrão pressionava em busca do primeiro gol)... vacilou por não ter chutado para a lateral;

    2. O Brocador deu uma cabeçada bisonha aos 27, mas já tinha caído esquisito aos 3 correndo atrás de um lançamento e aos 9 com a bola dominada... aos 34 (parece que dormiu) perdeu a bola infantilmente no ataque... Doriva teve muita paciência...

    3. No post anterior me esqueci de comentar sobre Henrique, mas agora parece que ficou claro que ele não havia absorvido a técnica ensinada pelo professor Doriva de desabar claramente ao sofrer o pênalti. O Juizão não tem outro recurso além de apitar e apontar a marca da cal..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Popó, concordo que a falha do goleiro foi fruto de uma pressão do ataque tricolor, mas foi tão poucas as vezes que fizemos isto durante o jogo, que nem fui enfático nesta afirmação no post.

      Brocador está precisando acordar, ou melhor, nossa direção precisa trazer logo um cara para fungar no cangote e tirar o sono de HB.

      Henrique nem para sofrer pênalti serviu no Bahia.

      Abraços,

      Miguel

      Excluir
    2. Miguel,
      só falei porque vocês atacantes (aliás a imprensa em geral) só botam a culpa no GOLEIRO... ainda mais que ele deve ter visto o vídeo do último jogo, quando o esquadrão marcou a partir do goleiro do time paraense.

      Recuo perigoso tem que chutar..., Renan chutou mal e deu azar porque chegou logo para Cajá (que até aquele momento ocupava bem o espaço entre as linhas) e quem sabe decide.

      Falha da DEFESA!!!

      Saída equivocada talvez, no segundo gol... Acho que não viu o vídeo até o final (essa galera é solidária... deve ter ido jogar totó depois da expulsão de Emerson). Mas também os dois zagueiros que voltavam estavam completamente perdidos no lance.

      Excluir
  2. Excelente comentário como sempre Miguel, triunfo importante, mas podemos jogar muito mais ainda. BBMP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio, concordo com vc, apesar de termos dominado todo o jogo, quase tomamos o empate por excesso de confiança e achar que a partida já estava ganha. Neste tipo de jogo, tem de matar logo, tem de seguir a regra do boxe, partir para cima e nocautear.

      Abraços e até dia 18/06,

      Miguel

      Excluir
  3. Miguel,

    Ontem não assisti o jogo com um olhar crítico em relação a parte tática e técnica do time. Foquei mais na necessidade de vencermos um concorrente direto ao acesso e que sempre foi carne de pescoço contra a gente. O jogo estava sob nosso controle, mas fiquei com receio do Goiás achar um gol e nos complicar. Apesar do Goiás estar fragilizado e fazermos um jogo burocrático, os três pontos vieram em boa hora e vai servir para que os adversários passem a respeitar o Bahia ainda mais.

    Um fato que me chamou a atenção foi um comentário do pessoal do Sportv sobre a força física do nosso time. Jogadores como Tinga, Moisés, Jackson, Feijão e Danilo Pires têm uma compleição física que permitem ganhar várias disputas no corpo a corpo com o adversário. Inclusive, melhoramos muito nas bolas alçadas na nossa área.

    Os destaques negativos do jogo foram Luizinho e Hernane. Podemos entender claramente o motivo do Santa Cruz ter liberado Luizinho tão fácil. Ele já provou que não é jogador pra ser titular. No máximo, compor um banco para entrar em partidas que o placar já esteja definido ao nosso favor. Não espero nenhuma evolução por parte dele.

    Hernane está devendo o faro de gol. Ele está saindo muito da área e quando precisamos dele para finalizar, já chega sem pernas e se atrapalhando com a bola ou sem a movimentação necessária para antecipar aos zagueiros como vimos no início do ano. A diretoria tem que se movimentar e trazer um centroavante para fazer sombra ao Hernane.

    ResponderExcluir
  4. Antônio,

    Bem lembrado o comentário da Sportv. Recordo que Marcelo Santana disse numa entrevista no início do ano, que o aspecto físico era um critério para a contratação dos novos jogadores, em especial dos laterais. Ontem, isto ficou evidente, várias bolas foram recuperadas só na força.

    Acho que já está se criando um consenso na torcida que Hernane precisa urgente de uma sombra, não sei se por questões físicas, por estar balançado com o interesse externo, ou por marra mesmo, o futebol dele caiu muito, não tem mais aquela presença de área de tempos atrás.

    Se por um lado, Luisinho estagnou, enfim Thiago Ribeiro parece ter acordado da letargia, ainda é cedo para retomar a titularidade, mas entrou bem demais nos dois últimos jogos, se entendendo muito bem com Régis. O Banco fez bem a ThR.

    Abraços,

    Miguel

    ResponderExcluir

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.