Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Acesso do Bahia: uma missão quase impossível

Uma das franquias mais famosas do cinema americano é a mega produção hollywoodiana Missão Impossível, estrelada pelo astro Tom Cruise. Nesta sequência cinematográfica o agente Ethan Hunt e sua equipe invadem o Kremlin e outras fortalezas intransponíveis, fogem de prisões de segurança máxima e derrotam terríveis e poderosos vilões. Para isto formam uma equipe altamente treinada e especializada em informática, armas e disfarces. É impossível não pensar neste filme quando se olha a posição do Bahia na tabela e se tenta imaginar o tricolor entre os 4 no final da Série B, pois além dos bisonhos números, o futebol em campo está de péssima qualidade, como dizem, pífio.


No primeiro turno, o Bahia fez apenas 25 pontos, que representam 44% dos pontos disputados. Se mantiver este desempenho, o Esquadrão alcançará apenas 50 pontos, o que insuficiente para subir. Como mostra o gráfico na sequência, o time que subiu com menos pontos foi o Vice em 2007 com 59 pontos. Sendo que a média para subir é de 63 pontos.



Para alcançar os 59 pontos, o Bahia precisa ganhar 34 pontos no segundo turno, o que só conseguiu em uma vez da segundona. Os melhores desempenhos foram em 2010, com 31 pontos no primeiro e 34 no segundo turno, e em 2015, com 30 pontos no primeiro turno, ou seja, teremos de repetir nossa melhor pontuação na história. 




Para atingir a média dos 4º colocados, 63 pontos, o Bahia precisa de 38 pontos, destaco que apenas 14 vezes um time conseguiu fazer 38 ou mais pontos em um turno da Série B, o Santa Cruz em 2015 fez 39 no 2º turno, o recordista é o Gambá com 46 pontos no 2º turno em 2008.




Ou seja, teremos de ganhar no mínimo 67%, 2/3 dos pontos disputados, desempenho nunca obtido pelo tricolor. Para piorar nossa situação, nosso desempenho nos 10 primeiros jogos foi de 57%, quando conseguimos 17 pontos, com uma projeção de 65 no final do campeonato, o que seria suficiente para subir. Porém, na segunda metade do turno conseguimos só 8 pontos, 30% dos disputados. No final do turno, nosso desempenho foi de 44%, chegando a míseros 25 pontos, desempenho superior apenas ao 1º turno de 2009 e 2º de 2008. 

Os números extraídos do meu.footstats.net mostram que o desempenho do time vem despencando dentro de campo, refletindo na pontuaçao, para exemplificar veja nosso gráfico de finalizações. Nos jogos contra os poderosos times do Sampaio e do Vila, conseguimos apenas 2 finalizações certas, por isto não saímos do zero no placar.



Claro que continuo acreditando e torcendo muito, até porque como visto neste post alguns times já conseguiram a proeza de marcar 38 ou mais pontos em um turno. Contudo, quando vejo a disposição e as deficiências técnicas dos nossos jogadores, as trapalhadas  e lentidão da nossa diretoria, e a cegueira de Professor Guto, sinto que esta é uma missão quase impossível de ser obtida, Saravá que o espírito da equipe de Ethan Hunt incorpore no Bahia.





Um comentário:

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.