Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Bora pra cima Esquadrão

Amanhã é dia de jogão na Fonte Nova, Bahia x Vasco, os únicos dois times que já foram campeões  brasileiros e que se encontram na atual Série B. Jogo para casa cheia, e milhões de torcedores em frente à telinha acompanhando atento os passos dos astros do espetáculo. Para o Bahia é o jogo da afirmação, um triunfo coloca o tricolor de vez na briga e com a moral elevada; um empate não nos tira da briga, mas deixa no tropa de moral baixa; e uma derrota, sai para lá, nos complica muito e deixará elenco e torcedores abatidos.

Confio muito no Bahia, pois, apesar do empate contra o JEC, o time vem em uma crescente, apresentando um futebol mais consistente defensivamente e também ofensivamente, nosso meio-campo é que ainda oscila muito, voltaremo a este tema mais tarde. Por sua vez, o Vasco passa pelo seu pior momento no campeonato, já vem de um tempo sem triunfos e na última partida caiu dentro de casa para o Vila Nova, o mesmo que derrotou o tricolor na Fonte. Pelo lado deles, parece que volta Nenê, o melhor jogador da Série B, e o responsável direto pelo triunfo cruzmaltino por 4x3 no primeiro turno lé em São Janu.

Já escrevi aqui algumas vezes que não acho prudente adotar o esquema 4-3-3 em todos os jogos, este de amanhã é um deles. Convenhamos que enfrentar o Vasco que joga praticamente no 4-5-1, com dois volantes e com três meias, Nenê, Andrezinho e Jorge Henrique, com apenas 3 jogadores no meio não parece adequado jogar com o meio tão aberto e com dois jogadores pelos lados, temos de povoar e disputar cada espaço do meio-campo. Como sabemos os três meias deles além de armar o time, es especial os dois primeiros, chegam muito bem ao ataque, JH e Nenê revezam o tempo todo como segundo atacante. Assim, entendo que Professor Guto deveria aproveitar a ausência de Alano (não sei como um atacante consegue ser suspenso por amarelo em tão poucas partidas, no máximo 6) e reforçar nosso meio-campo, em especial na marcação.

Fazendo uma análise individual de cada atleta do meio-campo da nossa atual formação, entendo que Juninho vem sendo o mais regular deles, sendo bem ativo na saída de bola e chegando algumas vezes para ajudar na armação e até concluir a gol, porém, como a bola passa muito por seus pés, tem errado muitos passes, expondo mais ainda a já exposta dupla de zaga tricolor (por sinal, a volta de Thiago é um excelente reforço). 

Luis Antônio tem participado pouco nos jogos, lembro de um bom passe para Moisés no jogo contra o Paraná, já está naquele chavão utilizado pelos treinadores "ele aparece pouco, mas é muito importante taticamente", porém é um jogador de uma boa técnica e será muito importante no próximo sábado para auxiliar e apoiar o inconstante Tinga, uma vez que Eduardo, muito bem nos últimos jogos, está suspenso. 

Por fim Cajá, foi contratado para ser o novo Robert, enfim um 10 de responsa na nossa meia, não discuto a qualidade técnica de Cajá, sua habilidade, visão de jogo e precisão nos chutes, entretanto, ainda não vi uma constância no seu futebol, apenas em lances isolados vimos as qualidades citadas anteriormente. Nosso 10 ainda não emplacou uma sequência de duas partidas com um futebol consistente, mesmo assim, ainda é minha maior esperança para  triunfo de amanhã.

Ou seja, o meio-campo amanhã é fundamental, reforçado ou não, precisaremos que cada jogador atue no seu limite técnico e físico, ganhando esta briga, é meio caminho andado para o triunfo. No mais, a pegada tem de ser a do time de 1996 no heroico 3x2 na penúltima rodada do Brasileirão em 1996.


Só para encerrar, queria destacar o bom futebol de Edigar Junio nas últimas partidas, enfim se livrou das constantes contusões que o perseguia desde a final do baiano, e vem apresentando um futebol ousado e com muita gana e vontade.



Como já disse, amanhã é jogão, e a Nação tem de fazer sua parte, e tenho certeza que fará, já são 17.000 ingressos vendidos, nos grupos que faço parte, só ouço a galera dizer que vai descer para a Fonte. Amanhã é dia de entoar nossos cânticos, incentivar nossos atletas e intimidar os adversários, ações que nossa torcida é imbatível, como diz o lema #juntosvoltaremos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.