Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Bahia x Matemática: o duelo final

Os números mostram que os vacilos dados pelo Bahia no final do primeiro turno e em alguns jogos do segundo turno nos complicaram bastante. Nosso percentual de aproveitamento é de 49% até o momento, se mantido, chegaremos apenas a 56 pontos, o que nos deixa longe, muito longe, da vaga. Como se pode notar no gráfico, a menor pontuação foi 59, sendo que a média é de 63 pontos. 



Para chegar aos 63 pontos, com um desempenho global de 60%, e garantir a vaga sem precisar de outros resultados, precisamos passar para 74% de aproveitamento, o que é superior ao nosso melhor desempenho60%, que foi nos últimos 10 jogos. Ou seja, chances ainda existem, mas temos de melhorar e muito fora de casa para conseguir nosso intento. O gráfico na sequência mostra o desempenho do Bahia no campeonato por fase e o que precisamos fazer na 2ª metade do 2º turno.


Quando abrimos os números do Bahia para analisar o desempenho dentro e fora de casa, vemos toda a bipolaridade do nosso time estampada. Nosso desempenho fora de casa é ridículo para dizer o mínimo, são apenas 22% de aproveitamento em 15 jogos. Na metade final do 1º turno, foram apenas 7% de aproveitamento fora de casa, bizarro. Já dentro de casa, o desempenho é superior a 70%, chegando à perfeição nesta primeira metade do segundo turno, 100%.


Ou seja, para subir temos de manter o desempenho de 100% em casa, mas temos de conquistar 5 pontos em 12 fora, 1 triunfo e 2 empates, desempenho de 42%, nada impossível quando analisamos os adversários Oeste, Vila, Luverdense e Atlético/GO. O Bahia decidirá sua vida no Centro Oeste, aumentando a responsabilidade das Embaixadas de Brasília.

Quando olhamos a história, os números também mostram uma realidade sombria. Apenas 2 times subiram tendo 43 pontos, nossa pontuação atual, na 29ª rodada, até o Santinha que ano passado fez um final de torneio fantástico, já tinha 48. Ou seja, teremos de fazer história.


Por fim, quando comparamos com 2010, ano de nosso último acesso, vemos um desempenho superior em casa, mas bem inferior fora. A incapacidade de fazer resultado no domínio do adversário está fazendo a diferença negativamente para nosso time, aí me vem a tona de novo a velha discussão, o 4-3-3 é o sistema apropriado pra se jogar fora de casa? Os números gritam que não.



Para encerrar, difícil está, mas lembro que o Santa ganhou os últimos 6 jogos na Série B do ano passado, tendo apenas 1 derrota nos últimos 9. O Avaí ganhou 8 dos últimos 9 jogos, sendo a última derrota para o Bahia por 3x0 lá na ressacada. Exemplos existem, por isto chegou a hora de mostrar que os números estão aí para serem superados e fazer valer a força da Nação e a mística da estrela tricolor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.