Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Ser otimista é o que resta

Nos últimos dias, o Sobahea está mais improdutivo do que o ataque tricolor e mais lento e parado do que a direção. De minha parte, estou menos criativo do que nossa meia cancha. Mas, esta semana fazendo um curso na Escola Superior de Guerra me deparei com uma frase que me fez voltar a pensar um pouco na situação do nosso Bahia, e a partir dos sentimentos expressos nesta frase vou tecer breves comentários sobre nossa situação.

A frase é:

Otimismo é esperar o melhor. Confiança é saber lidar com o pior
R.S. Simonsen

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Amor que não se mede

Quando eu era criança, rezava todo dia antes de dormir, na minha inocência sempre pedia a Deus que meus avós nunca morressem. Na verdade, tenho de admitir que tinha muito de egoísmo também, pois eu queria que os dois ficassm sempre ao meu lado, pois era tanto amor, tanta energia positiva e cumplicidade que eu não me imaginava vivendo sem eles. Nesta época, eu amava minha avó e simplesmente venerava meu avô, tudo que eu desejava era ser igual a ele, respeitado profissionalmente, querido pelos amigos e amado pela famÍlia. O tempo foi passando, parei de rezar toda noite e passei a entender que meus avós não eram imortais. Compreendi também que meu avô era aquilo tudo porque tinha ao seu lado uma mulher companheira, guerreira e extremamente forte. Fui morar com eles em Salvador só ficamos mais próximos e amigos. Quando vim morar em BSB, meu avô ja estava doente e veio a falecer em 2005. De lá para cá, meu amor por minha avó só cresceu e o dela por mim se multiplicou.

Hoje, ela deixou a vida aqui na terra. Tenho plena consciência que dentro das minhas limitações fui o neto que ela sempre sonhou. Em julho, ela veio passar uns dias com minha família, pude retribuir a milionésima parte do carinho e cuidado que ela sempre me dedicou.

Desde domingo quando me avisaram que o quadro dela era irreversível, eu só tenho duas certezas, seja na vida eterna da igreja católica ou na reencarnação do kadercismo, eu vou reencontrar meus avós. A outra é que Deus atendeu meus pedidos, meus avós são eternos, as lições, os exemplos que eles deixaram e o amor e amizade que eles tiveram por todos nunca desaparecerão.

Só um arrependimento, eu não cantei para minha avó os seguintes versos:

Amor igual ao teu,
eu nunca mais terei,
amor que eu nunca vi igual
e nunca mais verei,
amor que não se mede,
amor que não se pede,
que não se repete.

Mãe, obrigado por tudo, por cada km que a senhora me carregou no colo, por cada peça de roupa que a senhora me vestiu, pela farofinha de lombo, por me guiar pelo caminho do bem. Sempre te amarei e honrarei.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Viva a democracia

Durante a segunda guerra, a Inglaterra tinha como Primeiro Ministro Winston Churchill que cunhou a seguinte frase "A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas". Há 4 anos atrás ocorreu a histórica assembleia que alterou o estatuto do Bahia, dando ao sócio o poder de votar. Em primeiro lugar, tenho de parabenizar a todos os envolvidos nesta batalha que levou novos ares ao amado Tricolor.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Crônica de uma goleada anunciada

Um dos livros mais legais que já li foi "Crônica de uma Morte Anunciada", do colombiano Gabriel García Marquéz, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1982 e autor de Cem Anos de Solidão - recomendo a leitura deste também. No livro, toda a população da vila sabe que o jovem Santiago Nasar vai ser assassinado, menos ele e seu irmão que passam a noite farreando. Vendo a goleada que o Bahia tomou ontem, foi impossível não lembrar deste envolvente romance, todos sabiam, parece que apenas o EC Bahia não, que a junção de um elenco limitado com um treinador inexperiente ia acabar num vexame, é o que chamamos em prospectiva de cenários de "Surpresa Inevitável", ou seja todos sabem que vai acontecer, só não conseguem precisar quando.

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Prudência ou leseira?

Martinho da Vila imortalizou com sua cadenciada voz o verso "É devagar, é devagar, é devagar, é devagar, devagarinho". Por sua vez, Jorge Ben Jor com seu swing cravou "Prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha não faz mal a ninguém". Pois bem, até hoje não compreendi a demora da direção do Bahia em anunciar o próximo treinador, é prudência ou é leseira mesmo?

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Este é o Bahia

Hoje é aniversário do grande tricolor Caetano Veloso, o cara que pega músicas bregas e transforma em clássicos da MPB, apenas ao dar seu toque pessoal na interpretação das mesmas. Sozinho e Sonhos de Peninha e Você Não Me Ensinou a Te Esquecer de Fernando Mendes são exemplos claros do que estou dizendo. Quando vejo o Bahia jogando é impossível não imaginar a chegada de um técnico que com um toque de Midas, à la Caetano, transforme nosso pobre futebol em belas e convincentes atuações.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Hora de agir

Tenho como princípio de vida acreditar na boa índole das pessoas e nunca esperar sacanagens, reconheço que é certa ingenuidade, mas como sempre me cerquei de pessoas do bem, envelheci assim e vai ficar difícil mudar nesta altura da vida. Por isto mesmo, por tempos neguei as aparências e disfarcei as evidências (como diriam Chitãozinho e Chororó) sobre o conturbado relacionamento entre Jorginho e seus comandados.