Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

domingo, 21 de janeiro de 2018

Mau para c...

Bem que tentei assistir o jogo, mas pela internet é complicado, a zorra do sinal caía toda hora, assim, vi apenas alguns lances, em especial no primeiro tempo. E não gostei do que vi, time apático e deixando o Genérico chegar com facilidade.

É um início de temporada muito ruim, 2 derrotas em dois jogos, nenhum gol marcado, goleiro se destacando, zaga falhando, meio lento e ataque sem criatividade, acho que é um bom resumo para o que apresentamos até o momento. Apesar disto, estou tranquilo, acho que a culpa não é da diretoria, do contestado Guto ou dos jogadores, mas sim do imbecil calendário brasileiro, que para satisfazer os presidentes de federações aceita começar os falidos campeonatos estaduais apenas 15 dias após a apresentação das principais equipes.


Sei que muito dos que leram este texto vão achar que é baboseira e que estou apenas querendo justificar este péssimo início de temporada. Mas, basta assistir qualquer jogo de um time da Série A para ver que as dificuldades enfrentadas são as mesmas que o Bahia está passando. Certo estão Grêmio e Flamengo que estão colocando a molecada para jogar.

O que de fato me preocupa é a situação de Guto. A Saída dele não foi bem digerida pela torcida, elogios como "mercenário" e "ingrato" era o que mais se ouvia na época. Por isto mesmo, sua volta foi bastante criticada e rejeitada por boa parte da Nação. Não lembro se escrevi aqui no blog, mas comentei com alguns colegas que tinha medo da reação da torcida caso a temporada não iniciasse bem, e meu temor está acontecendo, li pelo menos uma centena de #foraGuto nos grupos de zap que participo.



Sendo bem sincero e direto, acho uma imbecilidade a postura de quem já pede a saída do treinador, se acham que estão ajudando o clube estão redondamente enganados. Tal postura só aumenta a pressão sobre o grupo que passará a jogar pressionado e terá mais dificuldade para controlar os jogos, pois além de enfrentar 11 adversários, estarão jogando contra a torcida e contra os próprios nervos.

Como já disse, o futebol apresentado pelo Bahia é muito pobre, mesmo com o pouco tempo de treino, teríamos de jogar um pouco mais, nossos volantes ainda não voltaram das férias, e no futebol atual, os volantes são fundamentais para o controle da partida e para o equilíbrio do time. Nosso ataque ainda está na fase "pinto", só ciscando para trás. E nossa defesa, em especial o capitão Thiago, dando um leite atrás do outro. Porém insisto na tese que é muito cedo para conclusões definitivas sobre o conjunto ou sobre qualquer atleta.

No mais, é esperar uma melhoria e o primeiro triunfo no próximo jogo. Mas, sobretudo, esperar da torcida uma ação racional de modo a não colocar mais combustível numa fogueira que já está ardendo.

Um comentário:

  1. Gostaria muito de aderir à justificativa do "pouco" tempo, "condicionamento" físico, absorção do "esquema" tático etc. Mas não consigo. Isso porque no meio do campeonato passado o Bahêa "jogava" exatamente esse mesmo "esquema", que chamo de antiterror. Ou seja: não quase medo a ninguém.
    Perder para Botafogo/PB, Bahia de Feira, River do Piauí etc (o que não deveria ocorrer) não chega a ser um problema. Ocorre que ninguém tem medo do Bahêa. O Bahêa não assusta. Os goleiros dos "adversários" saem do campo de roupa limpa, como se estivessem no cinema, comendo pipoca. Quando acontece (se é que acontece) do Bahêa "errar" o lance e a bola ir em direção ao gol do outro time, a gente pede desculpa...
    Difícil.
    E parece difícil mudar essa caminhada.

    ResponderExcluir

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.