Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Anotaram a placa?

Muito pouco a dizer sobre o jogo de ontem, foi um atropelo, parecia jogos do Baianinho. O Bahia não considerou a Cruz de Malta, e reduziu o Gigante da Colina a um Anão do Formigueiro. O que aconteceu ontem se deve muito ao resgate da Fonte como nossa casa que começou com Guto, gostem ou não os críticos dele, lá no remoto segundo turno da Série B em 2016. Desafio aos conhecedores listar três times que tenham ganho todos os jogos do turno em casa, pode pegar Série C, B e A. Este feito é para poucos e está sendo fundamental para o Bahia se impor em nossos domínios. Os adversários já chegam receosos, pois sabem que vão enfrentar muita pressão na marcação e um time veloz e de toques verticais. Claro que a Nação, quando quer, tem papel primordial para auxiliar o time dentro de campo.


Como disse, não tenho muito a falar sobre o jogo. O Bahia começou sufocando na marcação, o que forçava o Vasco a jogar na base das bolas longas, o que facilitou muito nosso trabalho, pois virou uma partida de Paredão, a bola batia e voltava. Isto fez com que o jogo virasse um treino de ataque contra defesa, tirando um chute num rebote de cobrança de falta, ninguém viu Douglas no primeiro tempo, nem para cobrar tiro de meta. 

O time do Bahia estava ligado, não pilhado. Gregore, a quem critiquei no último domingo, foi soberbo no meio, marcou como um leão, não passava nada, com isto Lucas e Everson dormiram o sono dos justos, só espanavam as bolas espirradas que chegavam lá atrás. Parece que o "puxão de orelha" de Guto em Vinícius funcionou, o sacanildo deixou de se esconder entre os volantes e zagueiros adversários e veio buscar a bola logo após a linha de meio campo, o que ele sabe fazer de melhor. ZR foi o de sempre, delegado, mas muito útil na criação das jogas e marcação, lembro que o terceiro gol surgiu de uma roubada de bola dele. EJ também melhorou o rendimento, um bom chute e o gol podem fazer renascer o EJ da A de 2017. Com isto, Élber foi um a mais, correu, lutou e se atrapalhou com a bola como sempre, mas merecia ter feito aquele gol salvo por Martim Silva. Foi bom ver o trio de ferro renascer na temporada.

Mas, o melhor do time foram os laterais. Léo continuou seguro na defesa e participativo no ataque, só precisa melhorar o cruzamento, não adianta nada, correr como um louco, fazer a ultrapassagem e cruzar no pé ou cabeça do primeiro zagueiro. João Pedro enfim jogou bola. Na estreia lá no primeiro jogo da temporada, ele mostrou ser um lateral que apoia bem, mas nas demais oportunidades que teve, se limitou a ficar na defesa, parecia que tinha um muro na linha divisória impedindo seus avanços. Ontem, ele foi muito bem na parte defensiva, mostrando ser melhor do que Nino neste quesito, e apoiou muito bem também, sempre contando com o apoio de Élber, aquele que parte da torcida quer ver na casa da p.... João Pedro foi sem dúvidas o melhor em campo ontem, espero que mantenha a sequência para aumentar a disputa pela titularidade, tirando Nino, ainda titular na minha opinião, da zona de conforto.

Se eu fosse vascaíno, estaria muito feliz hoje, pois o baile de ontem todos vão esquecer com o tempo, o que vai ficar é o "magro" placar de 3x0. Que o Bahia mantenha a pegada domingo e seja multado pelo IBAMA por atropelar um Bambi.

Só para encerrar, discordo de PGF, o melhor jogo do Bahia na temporada não foi o de ontem, quando enfrentamos um adversário fragilizado, o que ajudou muito nosso desempenho. A melhor atuação do Bahia continua sendo a partida contra o Furacão, este sim um adversário arrumado e com elenco razoável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.