Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sábado, 1 de setembro de 2018

Foi bom, mas podia ter sido melhor

Como diria o Chiclete "ganhar é bom, é bom demais, o ouro, o ouro". Porém, não se pode esquecer a péssima atuação tricolor. Nosso triunfo se deve muito à fragilidade deles.

Louvo e aplaudo a atitude de Ederson de mudar o time, de trocar o esquema colocando três volantes, propiciando ao time variar entre o 4-1-4-1 e o 4-5-1. O problema não está no esquema ou nos três volantes, até porque sou favorável a esta escalação em determinados jogos, mesmo em casa. O problema foi a atuação de alguns jogadoes.



Começando por Nilton. Não nego que foi muito bem no auxílio à zaga nas bolas aéreas, mas o lado positivo para por aí. Nilton está trotando em campo, não é concebível no futebol atual o cara correr nesta velocidade. Sem dizer que joga sem nenhuma intensidade, outro aspecto que não se pode faltar hoje em dia. O cara foi incapaz de dar sequência numa saída de bola, com isto o time viveu de chutões, deixando de lado sua melhor característica que é o toque de bola. Na marcação ele também foi nulo, para nossa sorte, o Ceará abdicou de jogar pelo meio, tanto que no primeiro tempo Ricardinho jogou pela direita e, no segundo, Pedro Ken ocupou está faixa, pois quando iam pelo meio batiam Nilton facilmente. Na boa, está parecendo um ex-jogador em atividade, como diz Paulo César do Sportv.

Entendo que Ederson deva manter o esquema para domingo, mas tem de recuar Gregore e colocar Élton. O adversário tem outro nível, muito acima do Ceará.

Outro problema que vi foi Gilberto. Fez o gol que decidiu o jogo, massa, é isto que a maioria espera dele. Mas, ele tem de ser mais participativo. Primeiro, se vamos viver de dar bico para frente, ele precisa começar ganhar as bolas pelo alto, como Jael em 2010, não dá para a zaga ganhar todas. Pelo chão, Gilberto tem de prender mais a bola esperando os meias, ou seja, fazer o papel de pivô. Pelo menos, não perdeu o faro de gol e decidiu o jogo.

Não gosto de bater na meninada que sobe da base. Mas, Everson não tem condições ainda de ser titular. Reparei que em alguns lances, ele subiu totalmente fora do tempo de bola, o que deixa sempre o atacante na boa. É fato que ele mostrou garra e não comprometeu, mas ainda é verde para uma posição que um erro pode ser fatal.

Gosto muito do futebol de Marco Antônio, porém ainda não apareceu no Brasileirão quando ele entra de primeira. Temos vários jogadores que podem jogar pela beirada, nenhum empolgou ainda como titular. Está na hora de Clayton ter uma chance.

No mais, continuo bastante confiante na nossa luta pela primeira página da tabela e uma semi na Sula. As críticas que fiz hoje são facilmente superadas pelo nosso elenco. BBMP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.