Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Mais uma vez no quase

Mais uma vez ficamos no quase, mas a incompetência na hora de botar a bola para dentro e na marcação nos levou a mais uma derrota. Assim, ao invés de nos afastar da zona e entrar de vez na briga pelo G 10, estamos novamente próximo da degola e com um adversário complicado na próxima rodada.


Não vi o jogo todo, perdi justamente os 15 minutos iniciais que foram os melhores do Bahia na partida. Mesmo assim, gostei da postura do time, o 4-4-2 estava bem montado e anulava facilmente as jogadas do Vasco. Porém, uma falha bisonha de Grolli pôs tudo por água abaixo. No último post, elogiei precipitadamente a evolução de Grolli, mas nos últimos dois jogos ele mostrou que eu estava errado, continua sendo um zagueiro inseguro e que falha em lances capitais. A de ontem foi dantesca e praticamente selou o resultado do jogo, pois o Bahia passou a jogar com 1 a menos e atrás no placar.

Destaco que é o segundo jogo seguido que isto acontece, e em ambos, o Bahia soube se postar em campo com 1 a menos. Ontem, conseguimos empatar o jogo, fomos várias vezes ao ataque e ainda criamos oportunidade para fazer o segundo. Ramires, como o cara responsável em fazer a transição, vem dando resultado e consegue levar o time a frente com qualidade. Louve-se também a atuação do tão criticado Élber, mais uma vez mostrou deficiência técnica, mas superou tudo com muita gana e vontade, foi um leão até sair abatido pelo cansaço. Gregore e Evérson também foram bem.

Difícil é entender e compreender a atuação dos veteranos Nino e Nilton. Começando pelo segundo, vinha até bem no jogo, já mostrou muito mais desenvoltura do que da última vez que entrou, mas deu um mole sem fim no segundo gol dos caras, errou o passe e tomou um nó de carroceiro do limitado Kelvin na sequência. Já Nino, outro que tinha elogiado no último post, assim como Grolli vem de duas atuações para se esquecer, parece um beyblade correndo em círculo e se batendo nos cantos. Tudo bem que ele perdeu a bola aérea para um jogador mais alto, mas ele tem de futebol o que o moleque tem de idade, ali era para ganhar no corpo, na malícia e na experiência, mas não foi o que vimos.

Não sou de dar murro em ponta de faca ou chorar o leite derramado, o que passou serve de aprendizado e bola para frente. Sábado, ainda estaremos sem Zé Rafael, mas Lucas deve voltar a zaga. É hora de apoiarmos o time, pois ao mesmo tempo que estamos próximos à zona, estamos apenas 4 pontos do G 10 e dois da Sula, em suma, estamos na briga e precisamos apoiar o time para sair desta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.