Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

terça-feira, 23 de abril de 2019

Agora é para valer

Passada a euforia pela conquista do Baianinho, é hora de fazer um balanço deste primeiro terço do ano do tricolor. Acho que o jogo de domingo contra o bom e esforçado time do xará de Feira é um bom resumo. No mesmo jogo, sufocamos nos 15 primeiros minutos de jogo e fomos sufocados nos últimos 15; criamos e perdemos oportunidades, mas também passamos boa parte do jogo cercando sem ferir o adversário, o velho arame liso; nossa defesa foi firme, mas também apresentou buracos que facilitaram a vida do adversário; em suma, fomos o mesmo time instável e de altos e baixos da temporada 2019.

De um modo geral, entendo que, até o momento, o ano tem sido negativo dentro de campo. Verdade que ganhamos o Baianinho e estamos bem na Copa do Brasil, mas as eliminações na primeira fase da CNE e da Sulamericana foram vexames inesperados que prejudicam muito o planejamento para o ano. Enfim, águas passadas não movem moinho, mas podem deixar estragos, por isto, temos de contratar para ontem alguns atletas e se programar para reforçar mais o elenco na parada da Copa América. Segue uma análise por posição do elenco:

Goleiro: temos 3, mas a diferença do titular para os reservas é grande. Mesmo assim, esta é uma posição que não me preocupa tanto, se aparecesse uma oportunidade de ocasião, até traria, mas prefiro que o Bahia gaste seus escassos recursos em outras posições.

Lateral direito: contratação para ontem. Nino cresceu assustadoramente com o passar dos jogos, pois depende muito do preparo físico, mas só temos ele. Fato comprovado pelas improvisações de Flávio. Tem de chegar esta semana no máximo na outra um lateral para disputar posição com Nino.

Zagueiros: Jackson continua sua sina de contusões; LF manteve o bom padrão do ano passado, mesmo vacilando em alguns momentos; Ernando mostrou na primeira partida da final que tem seus dias de Grolli, e sabemos bem no que isto resulta; Xandão ainda não foi testado, não sei ainda o que esperar. Everson sumiu nas profundezas do Fazendão; e Ignácio não me convenceu quando testado. Sem dúvidas seria uma posição que eu traria 1 ou 2 reforços e emprestarias os mais novos para pegar cancha numa divisão menor.



Lateral esquerdo: Moisés continua com altos e baixos, mesmo assim Paulinho recebe poucas oportunidades. Não teria desespero para contratar, mas ficaria de olho no mercado.

Volantes: posição fundamental no futebol, pois são peças chaves no esquema ofensivo e defensivo. Os três que estão jogando são bons e podem render frutos no Brasileirão. Mas, a diferença física para Nilton e a técnica para as demais opções no elenco, mostra que é outra posição que não temos desespero para contratar, mas ficar de olho nas oportunidades que surgem é recomendável.

Meias: aqui vai depender muito do esquema adotado por Roger. Nos últimos jogos, ao deslocar Ramires para a direita e centralizar Arthur Caíke, ele abriu mão de um meia de criação, mas retornou Ramires para a criação quando colocou Rogério no time. Temos Ramires e Shaylon, dois moleques com pouca experiência, sem dúvidas traria mais um. Não consigo opinar sobre o futuro de Guilherme, pois o mesmo ainda não desembarcou em SSA.

Atacantes de lado: tem de trazer um ou dois para ontem. Arthur Caíque, mesmo abaixo do que jogou na Chapecoense, já mostrou que pode ser muito útil ao time, podendo desempenhar várias funções no ataque; Rogério é uma constante incógnita, no mesmo lance que deixa o zagueiro no chão, demonstrando muita clama e técnica, conclui como um amador. Mesmo se mostrando mais confiante nos últimos jogos, ainda não convence; Arthur é uma formiguinha, corre e incomoda muito, mas ainda falta calma e melhor técnica para definir a jogada; Iago é uma aposta para o sub 23. Em suma, precisamos sim de reforços para esta posição, Zé Rafael ainda não tem substituto.

Centroavante: nesta posição estamos tranquilos. Manteria Caíque no elenco, pois o campeonato é longo e contusões virão com o tempo.

Fechando, estou otimista para o Brasileirão, entendo que entramos como favoritos a uma vaga na Sulamericana e vamos brigar de forma segura pela primeira página da tabela. Gostaria de estar falando em título ou Libertadores, mas quem me conhece sabe que, mesmo sendo um fanático pelo Bahia, evito criar expectativas além da nossa realidade atual no cenário do futebol brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.