Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

terça-feira, 30 de abril de 2019

Melhor que a encomenda


Como bom baiano que sou, tenho duas paixões além da família, o Bahêa em primeiro lugar, e o carnaval em segundo. Pois é, domingo tinha micareta em Brasília, evento que não acontecia há mais de 10 anos, e a estreia do Esquadrão no Brasileirão. Dúvida cruel, mas desta vez, a paixão número 2 levou. Mesmo assim, antes de entrar na área do evento, fiquei do lado de fora, comendo água e ouvindo o jogo na Rádio Esquadrão, ao lado de vários colegas da Embaixada do Bahia em Brasília. Aguentamos a pressão no radinho até o momento do lance de pênalti não confirmado pelo VAR, foi uma ansiedade da zorra ficar esperando a decisão do juiz sem ver o lance. A pressão foi tanta que resolvemos iniciar a curtição do axé. Mas, sabe como é torcedor, rapidinho lá estava eu olhando os grupos da torcida no zap. Quando abri dei de cara com um GOL DO BAHIA, avisei a galera e logo começamos a cantar o hino em alto e bom som. Só depois percebemos que era gol de empate.


Quando acabamos de entrar na área do evento, gol da virada, pulávamos sem música e soltando o BBMP a todo pulmão. No momento do terceiro gol então, a festa foi geral, logo as bandeiras tricolores tremulavam entre os foliões e nos abraçávamos comemorando o belo triunfo tricolor. No final do jogo, Tuca Fernandes soltou o velho BBMP e anunciou o placar da peleja. Bom demais, juntar as duas paixões baianas ao lado dos torcedores/foliões da Embaixada.

Só vi os melhores momentos, por isto não me sinto em condições de opinar sobre o jogo. Mesmo assim, quero destacar que marcamos 3 gols no Corinthians de Carille, time reconhecido por todos pela força da sua defesa, assim foi campeão brasileiro e tri paulista. Não lembro qual foi a última vez que o Gambá tomou 3 gols sob o comando de Carille. Brocamos um gol para cada título paulista. Por coincidência ou não, são três triunfos seguidos; e fizemos 3 pontos na tabela.

O mais importante é que os 3 gols tricolores foram em jogadas trabalhadas pela equipe sem desespero ou atropelos, em todos a bola foi rolando rente ao gramado, com passes rápidos e deslocamento de todos, como tem de ser. Destaco no segundo gol a luta pela posse de bola no meio campo e a saída em velocidade pela esquerda, com Gilberto caindo para o lado, abrindo espaço para Arthur que vinha na diagonal fechando da direita para o centro. Este lance demonstra que Roger começa a usar a Arthur também pelo lado direito, ele também estava deste lado no primeiro gol, posição que se sente mais à vontade e rende mais.



No terceiro gol, apesar do toque de classe de Rogério, prefiro destacar a velocidade do nosso contrataque. Ramires pega a bola em nossa intermediária e parte em velocidade na vertical para o campo de ataque. Podia ter parado ou tocado para o lado, mas preferiu a jogada mais aguda e deu sorte com a falha de Ralf. Reparem no vídeo que Rogério não era a única opção de passe, o que acaba confundindo a defesa adversária.

Sem dúvida este triunfo traz muita confiança para o elenco e para a torcida tricolor. Acho que temos tudo para conseguir um bom resultado no Rio e garantir um bom triunfo sobre o Avaí. O que nos daria nosso melhor início nos pontos corridos e uma tranquilidade para a continuidade do Brasileirão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.