Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Mudança positiva


Vi na imprensa que Roger está testando o time com três volantes e três atacantes, sacando Ramires do time. Sou totalmente favorável a escalação com 3 volantes, já defendi isto várias vezes, desde a passagem de Guto na B de 2016. Entendo que o Bahia fica mais compacto assim e com nossa frágil zaga mais protegida.


Ao contrário da maioria, entendo que um time com 3 volantes não é necessariamente um time retrancado, pois com a entrada da área mais protegida, diminui a necessidade de volta dos atacantes e com a posse de bola permite a subida mais tranquila dos laterais, pois sabem que tem um volante na proteção.

No intervalo da partida de domingo, defendi, nos grupos do zap, a entrada de Élton para formar essa trinca de volantes já naquele jogo, pois a postura de marcação avançada adotada pelo Bahia, expôs demais nossa defesa aos velozes atacantes deles. Me chamou atenção que o Bahia colocava 6 jogadores no campo de ataque para abafar a saída deles, mas sempre aparecia alguém livre, em especial o lateral esquerdo nas costas de Arthur ou Rogério. O Bahia caiu numa armadilha bem arquitetada por eles, pois o volante voltava para buscar a bola na saída da área, ou até dentro da área, com isto o quarto-zagueiro abria pela esquerda puxando a marcação de Arthur ou Rogério, assim o lateral esquerdo se situava livre entre nosso atacante e Nino. Como Nino precisava acompanhar Roni que fechava, abria uma avenida pela esquerda, foi assim que tomamos o gol e passamos muito sufoco no início da segunda etapa.





Voltando ao esquema com três volantes, o Bahia atuou assim na época de Cristóvão, o que permitiu em alguns jogos escalar dois centroavantes. O esquema com três volantes permite uma formação no 4-5-1 quando o time tiver tomando pressão; permite também o 4-4-2, mantendo um atacante de lado mais na frente ao lado do 9, e recuando o outro para fechar o lado; permite também, nos momentos mais mornos dos jogos, um 4-3-3. Em suma, permite várias formações defensivas, mas o principal é que deixa nossa frágil zaga menos exposta.

Por outro lado, sem dúvidas, perdemos criatividade na parte ofensiva. Mesmo sem está passando um grande momento, Ramires é um jogador diferenciado, de pensamento rápido e toques desconcertantes. Mesmo com Élton tendo capacidade para chegar na área, e Douglas tendo um bom chute de fora da área, sinto que teremos mais dificuldades para furar a zaga adversária. Assim o Bahia vai ficar cada vez mais reativo e menos propositivo. Vamos entregar a bola ao adversário para sair no contrataque.

Como visto, o esquema com três volantes traz ganhos, mas também perdas. Porém, entendo que para os jogos fora de casa, os ganhos são bem superiores às perdas e defendo que o Bahia utilize este esquema nos jogos contra adversário com bom poderio ofensivo. Voltando ao esquema com dois volantes e um meia nos jogos em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.