Marca SóBahêa

Marca SóBahêa

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Maresia da porra: Sport 1x0 Bahia

A apresentação do Bahia ontem foi para deixar o mais otimista dos torcedores puto da vida e bastante apreensivo com o futuro do time no torneio. Mesmo na primeira etapa, quando ditou o ritmo de jogo, o Bahia ficou longe de apresentar um futebol razoável, lentidão e passes errados foram a tônica da nossa atuação. Faltou tesão pelo triunfo, nos limitamos a segurar o adversário e fomos punidos por isto.

Com a suspensão de Matheus Bahia, Guto trouxe Capixaba para a lateral e colocou MD na esquerda, com isto, ciube a Raí completar o quarteto do meio com Patrick, Daniel e Mugni. Esta armação funcionou parcialmente, pois ficamos com a bola e impedimos o Sport de jogar, contudo, por outro lado, ofensivamente fomos verdadeiros arames lisos, tocávamos a bola de um lado para outro, mas sem conseguir agredir o adversário. Em alguns momentos, Capixaba, MD e Mugni ainda tentaram algumas triangulações pela esquerda do nosso ataque, mas sem levar perigo ao adversário. Na direita ainda foi pior, pois com Raí fechando para o meio, Nino ficou isolado e nada criou.


Se o primeiro tempo foi bisonho, o segundo só vai servir como lição de como um time não deve jogar. Com 5 minutos da etapa final, escrevi num grupo de zap que aquele era o típico jogo que o Bahia sai derrotado por 1x0 em algum gol de vacilo, infelizmente acertei.

Guto veio com Rodriguinho no lugar de Daniel, deve ter saído por problema físico, pois era o jogador mais participativo do time na primeira etapa; e com Rodallega no de MD. Se o time, apesar de controlar o jogo, já estava na marcha lenta, com estas substituições, simplesmente puxou o freio de mão e passou a ser dominado pelo adversário que também fazia uma partida para se esquecer. Sem Daniel no meio, o Bahia ficou sem a bola, pois Mugni e Rodriguinho não conseguiam se movimentar e dar volume de jogo ao time.

Lá pelo meio da etapa final, quando o jogo se arrastava para um modorrento empate, e num raro momento que o Bahia conseguiu trocar passes na intermediária ofensiva, mas sem nenhuma objetividade, se limitando a tocar de um lado para o outro, a bola chegou em Conti que foi fazer o que não sabe e perdeu a bola, no contrataque gol dos caras.

Guto ainda fez mais duas substituições, tirou Giba para por Ronaldo, quando o certo era tirar Raí que depois saiu para a entrada de Ramires, ainda totalmente fora de ritmo de jogo. Mas, o Bahia continuou apático, sem nenhuma intensidade, parecia aceitar a derrota de forma passiva e não demonstrou nenhuma capacidade de reação.

Guto é o grande responsável pela recuperação do Bahia e por fazer renascer nossa esperança de dias melhores ainda em 21, mas foi muito mal ontem, errou na escalação inicial ao recuar Capixaba para a lateral, pois perdemos um jogador de velocidade e de muita intensidade no meio, e errou nas substituições, com Rodallega e Rodriguinho o time perdeu o que restava de movimentação do meio para frente.

Cada rodada que passa, a situação se complica mais, contudo ainda temos alguns jogos em casa, onde Guto costuma armar o time para frente. Domingo, pegaremos um time que sabe se fechar muito bem, o time e a torcida precisarão de paciência para juntos romperem o ferrolho do Cuiabá. Mesmo puto, estou certo que é hora de apoiarmos o time para sairmos do buraco. BBMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezados leitores, todos os comentários são bem vindos e enriquecerão as discussões. Entretanto, solicito moderação, evitando termos agressivos e acusações sobre jogadores, comissão técnica e direção do Esquadrão.
Solicito também respeito aos demais leitores, não sendo permitido postar xingamentos.
Os comentários que não atenderem as recomendações acima não serão aprovados.